Páginas

domingo, 7 de novembro de 2010

Momento Poesia

Como virar uma página marcada de sua Vida sem rasgá-la? Eu infelizmente não descobri, e sangro a cada momento, a esperança é que o tempo cicatrize e faça parar de doer...

Poema de Adeus

É melancólico dizer adeus
a um grande amor,
é necessário, às vezes,
resguardar o sentimento…,
aceitá-lo somente na alma,
vibrando puras sensações.
É sempre sombrio dizer adeus
a um amor inesquecível,
porém, por vezes é imperioso
conservar o sentimento para depois…,
abandoná-lo apenas na lembrança,
momentos eternizados.

É sofrido dizer adeus
a um amor singular de almas gêmeas,
premente se faz, às vezes,
abrigar o sentimento para depois…,
renunciar,
deixá-lo adormecido…,
esperar renascer somente num futuro,
quiçá distante.

É muito triste saber
que é chegado o instante de dizer adeus…,
guardar o sentimento para depois…,
renunciar… para não ferir e ser ferido,
desampará-lo quieto
para florescer em outro tempo,
momento certo de ser vivido,
livremente…

É triste dizer adeus ao amor eterno,
mesmo que por amor.
Adeus assim se equivale a renúncia sublime,
a entregar o sentimento a Deus
e esperar pelas luzes do futuro.

Moacir Sader


Nenhum comentário: