Páginas

domingo, 16 de janeiro de 2011

Mamãe eu quero me casar

Mamãe eu quero me casar...
Ohh minha filha você diga com quem...
 Mesmo que tá vendo!rsrs
Bom essa pergunta é fácil de responder, já até escolhi o noivo, já penso nos filhinhos, na casinha... Mas aí eu pergunto, Porque ninguém me leva a sério?
Disseram-me que eu estou sofrendo da síndrome Maria vai com os outros, porque ultimamente alguns amigos resolveram todos se casar ao mesmo tempo agora, é Dianne, Rakel, Luciano, Marcos, Cleidianne Mesquita, Jane... Quero informar que eu já falo de casamento há algum tempo, mas confesso que falta em mim o que meus amigos tiveram, coragem!
Minha mãe é a culpada, ( ainda bem que ela não ler o blog srsr), ela me motivou a estudar e crescer, ter alguma coisa na Vida e só depois casar, mas ela nunca me explicou o crescer, eu estudei, tenho um trabalho e tenho que agora escutar... “Tu batalhou tanto para agora se casar, cuidar de menino, tomar conta de casa, dá satisfação a marido ...” MAS MÃAAAE EU QUERO...
Na minha cabeça sempre martela uma frase que ouvi da vovó Dinha “ Minha filha tem gente que nasce pra casar e outras nasce para crescer, você nasceu para crescer...” Humm, MAS EU   QUERO CASAR, TER FILHINHOS, BRINCAR DE CASINHA, CONSTRUIR SONHOS JUNTOS... 

Porem, enquanto não diminui a distância, não chega estabilidade e não vem a coragem, vou ter que continuar crescendo... Aos amigos deixo claro aqui minha inveja branca e meus votos de felicidades no casamento, uma coisa é certa, no casório de vocês estarei firme na disputa para pegar o buquê. 

Fotinha da web

2 comentários:

José Carlos disse...

Paulinha e o noivo, você já tem!? Continua o mesmo, muda a página, casa comigo?kkkkk

Dianne Nogueira disse...

kkkk Pedido de casamento pelos coments do blog, gente! Francelle corre aqui! kkkk

Pan, pra mim, casar também faz parte do crescer. É a parte mais difícil do crescer... Creio que seja o desafio maior da vida de uma pessoa. Crescer sozinho, sem dar satisfação a ninguém, pode a ter mais fácil... Mas a recompensa das coisas mais difíceis sempre é melhor... rs

Mãe da Paula, deixa a menina casar! kkkk